Rio Grande do Sul

O Rio Grande do Sul ocupa uma área estimada em cerca de 282.000 km². O estado possui uma população de cerca de 11 milhões de habitantes. A capital do Rio Grande do Sul é Porto Alegre, consoante os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), abriga 1,4 milhões de pessoas. O estado gaúcho está ao sul de Santa Catarina, ao norte do Uruguai, ao leste da Argentina e a oeste do Oceano Atlântico.
Mais da metade do território gaúcho é composto por um relevo abaixo de 300 metros de altitude. Os tipos de relevo presentes no Rio Grande do Sul são os pampas, localizados na fronteira com o Uruguai. E é composto por uma vegetação rasteira.

 

Clima

O clima varia nas diversas regiões sul-riograndenses conforme a altitude e a proximidade da costa marítima. Nas zonas elevadas da serra os invernos são frios, com ocorrência de fortes geadas e às vezes neve. A média de temperatura para o estado é de 18ºC.
Janeiro e fevereiro são os meses de maior calor, e a região mais quente é o Vale do Baixo Uruguai, tendo-se já verificado a temperatura de 42,6ºC em Jaguarão. O vento mais conhecido e tradicional do Estado Gaúcho, o minuano ou pampeiro, oriundo dos andes argentinos é extremamente frio e seco, soprando somente no inverno.
As estações do ano são bem definidas no Rio Grande do Sul, sendo sentidos, em suas características peculiares, o inverno, a primavera, o verão e o outono.

 

Cultura

O Rio Grande do Norte possui parte da sua cultura baseada no artesanato. É comum esse tipo de arte no litoral e na Grande Natal, a região metropolitana. O artesanato é trabalhado com a areia colorida. Também tem os objetos feitos em cerâmicas, cestarias e trançados. O couro e a madeira são matérias-primas bastante utilizadas.
Na comida potiguar, podem-se encontrar alimentos como: galinha caipira, carne de sol, queijo de manteiga e frutos do mar. Os produtos da terra como mandioca, milho-verde e coco são bem-vindos na cultura gastronômica regional. O cardápio é bem colorido devido à abundância dos frutos de lá. Mamão, manga, abacaxi, banana, caju, cajá, mangaba, maracujá e entre outros.
As danças e brincadeiras do Rio Grande do Norte estão divididas em grupos. Os mais importantes são os autos populares, mistos de danças e espetáculo teatral. Neles há um ponto fundamental para o dramático, e tem isso como principal característica.



Gastronomia

A culinária do Rio Grande do Sul tem como tradição a carne de charque, o churrasco e as influências sofridas pela Imigração italiana no Brasil e alemã ocorrida durante o século XIX. Da mistura entre a comida indígena, portuguesa e espanhola e do homem do campo surge a chamada cozinha da Campanha e, com características mais urbana, a cozinha da região missioneira. São muito populares pratos como o churrasco, o arroz de carreteiro e o galeto ao Primo Canto, além de receitas mais contemporâneas, como o bauru gaúcho.